'Três meses sem dormir', revela Rodrigo Faro, sobre sua ida da Globo à Record

Em entrevista a Ana Maria Braga, apresentador detalha bastidores de sua transferência

Confira também o nosso blog.

'Não, o Rodrigo aqui é ator': esta foi uma das frases que Rodrigo Faro escutou, à época em que ainda era contratado da Globo, ao tentar uma experiência à frente de um programa na emissora, como apresentador. 'Estava feliz como ator, mas via o Silvio Santos tão legal ter um microfone e ser você na televisão', confessa o comandante do 'O Melhor do Brasil', da Record e maior nome da emissora de Edir Macedo, atualmente, em entrevista a Ana Maria Braga, na nova edição da revista 'A'.

'Depois de ser chamado pela Record, foram três meses sem dormir, conversando com todo mundo que podia', conta Rodrigo, lembrando que foi contestado por várias pessoas, ao decidir deixar a maior emissora do país em nome de uma nova experiência, um sonho particular. 'E aí cheguei na Record, estudando o formato do 'Ídolos' e decidem me dar 'O melhor do Brasil', já que o Márcio Garcia não havia renovado o contrato. Era uma quinta-feira e gravaria o programa na segunda. Desespero total!', relembra Faro, que não esconde, na entrevista a Ana Maria, seu maior sonho.

'Quero ser um apresentador de domingo. Meu sonho é que as pessoas liguem a TV e falem: 'Vou ver o Rodrigo Faro agora'', finaliza.

[email protected]