'Trabalhar com Silvio Santos foi como fazer uma faculdade', diz Sérgio Mallandro

O humorista é destaque da edição de abril da revista Rolling Stone

Confira também o nosso blog.

Os 'yeah yeahs' e 'glu glus' vão voltar para a sua telinha logo, logo, no novo reality do Multishow, Vida de Mallandro.Sérgio Mallandro abriu a casa que divide com sua ex-mulher, Mary Mallandro, e seu filho mais velho, Sergio Tadeu, para as câmeras do canal, que mostrarão como é a vida do humorista longe dos palcos. 

Logo no primeiro episódio, Sérgio chega em casa cambaleando depois de uma noite daquelas. "Não bebo, não fumo, nunca usei drogas. As pessoas ficam impressionadas. Digo: ‘Não preciso, só andei com maluco’”, conta o humorista à revista Rolling Stone desse mês. “Sempre tive medo. Se eu cheirar, já era, imagina! Falo pra caramba, então ninguém iria me aguentar mesmo. Se tomo umas cinco cervejas, fico bêbado”, revela. 

Nas páginas da revista, Mallandro ainda fala sobre a experiência de trabalhar com Silvio Santos, que, nos anos 80, o colocou em programas de TV pela primeira vez. "Foi como fazer uma faculdade. Eu poderia até pagar para trabalhar com ele, mas eu ainda era pago! A gente fazia uma dupla daquelas!", acredita. Aliás, foi nessa época em que seus bordões mais famosos e a música Vem fazer glu-glu surgiram. Sabe como? “Fiz a música para uma aeromoça quando peguei a ponte aérea. Não sabia o que falar, inventei: ‘Vem fazer glu-glu, mon amour, I love you’. Essas coisas meio sem sentido”, explica o apresentador, de 56 anos. 

“Esse lance de ‘glu glu’ e ‘yeah yeah’ vai ser eterno!” Alguém duvida?

[email protected]