HT comenta: a magreza de Angelina Jolie e Demi Moore assusta

Duas atrizes no rastro da polêmica da magreza excessiva das candidatas ao Miss Universo

Confira também nosso blog

Há algum tempo, não só o universo da moda, mas como todo o mundo as críticas às modelos e pessoas muito magras tem servido como um alerta para cuidados para se levar uma vida saudável. Mas, nessa semana duas celebridades de Hollywood estão mostrando que não embarcaram nessa onda. Angelina Jolie foi internada devido a uma overdose de remédios para emagrecer. Segundo a revista americana “National Enquirer”, a atriz que tem 1,73m de altura estaria pesando 43 quilos. E Demi Moore, que desde a separação com Ashton Kutcher vem sendo alvo constante de críticas por parte da imprensa pela magreza exibida, mas uma vez o foi. O que estaria levando as duas atrizes, que sempre estiveram nas listas das mais sexy e bonitas, a buscarem tal magreza excessiva e perigosa?

A gente, por aqui, também já comentou sobre a reviravolta no cenário do concurso de Miss Universo. Relembre o que escrevemos e comente. Comente muito para sermos ouvidos.

Em 1954, logo após o concurso de Miss Universo realizado nos Estados Unidos, Martha Rocha chegou aqui no Brasil junto com as notícias de que havia perdido o título por conta de duas polegadas a mais nos quadris. Se a notícia é lenda ou não, pouco importa, mas se fosse para criar problema com as medidas das candidatas ao Miss Universo 2011 seria por polegadas a menos.

Em todas as transmissões ao vivo na TV e na internet, timelines e redes sociais os espectadores do concurso só sabiam se espantar com as medidas reduzidas das misses. A venezuelana Vanessa Gonçalves foi até chamada de artificial, por conta de sua postura nada confortável para manter a barriga sequinha, na clássica pose de “não consigo respirar, mas está tudo no lugar”. Porém, o maior choque da noite foi a forma física da Miss Estados Unidos, Alyssa Campanella. A ruiva ficou entre as 16 finalistas e espantou na hora do desfile de biquíni. Com seus longos e armados cabelos ruivos, com a ajuda de bastante laquê, a moça parecia uma Barbie Verão saída diretamente da caixa. A um passo da anorexia?

Por aqui ficamos nos perguntando se as misses não deveriam ser o retrato da beleza real de um país - e as formas mínimas não são dominantes em lugar nenhum. Para exibir moças com corpos-cabide, já temos semanas de moda e concursos de modelo suficientes, não é mesmo? O que você tem a comentar?

[email protected]