Contra o preconceito, o melhor remédio é o humor!

Site brinca com falso moralismo da famosa frase: 'Não sou preconceituoso...tenho até amigos que são também'

Confira também o nosso blog

A internet, como todos sabem, virou arena para a luta (quase) livre de opiniões, debate aberto de ideias e discussão sem fim. Amém!

E, quando o humor, aliado à informação, toma conta das redes sociais, tudo fica mais leve e divertido, do jeitinho que a gente gosta.

Semana passada, a febre girou em torno do termômetro do site Não Tenho Preconceito, que brinca com a célebre frase-chavão: 'Não tenho preconceito. Juro! Tenho até amigos que são'.

A ideia, bem simples, reúne frases um tanto quanto absurdas que rolam na web, ditas como se fossem de espontânea naturalidade. Exemplo: 'Não sou homofóbico, mais por favor gay é o cúmulo do nojo' (sic). Estas e outras barbaridades são registradas no site, como se para nos mostrar como ainda existe preconceito camuflado (mas nem tanto) em nossa sociedade.

Melhor rir do que chorar, não é mesmo? Mas o ideal é que, por meio do humor e do escárnio, ou não, o preconceito seja um termo banido de nosso cotidiano. Viva a diversidade!

[email protected]