Justin Timberlake traz o MySpace de volta

Depois de brincar com o sexy, agora o cantor é dono de uma parte do site e tem projetos para reformulá-lo 

Confira também o nosso blog.

Parece que interpretar Sean Parker, o criador do Napster, no filme A rede social encorajou Justin Timberlake a investir no mundo digital. Depois de se aventurar em frente às câmeras o, inicialmente, cantor agora é dono de uma porção do MySpace - aquele site que já foi o Facebook de outros tempos.

O site foi vendido para a Specific Media por U$ 35 milhões e, aparentemente, parte desse dinheiro saiu do bolso de Justin, que participará dos projetos de reformulação do site que já teve mais de 76.3 milhões de usuários, em outubro de 2008.

“Existe a necessidade de um lugar onde os fãs possam interagir com seus artistas favoritos, escutar música, assistir vídeos, compartilhar e descobrir coisas legais e, simplesmente, estar conectados”, disse Justin em um comunicado. “O MySpace tem potencial para ser esse lugar. A arte é inspirada nas pessoas e vice-versa, logo, existe um componente social natural  no entretenimento”, completou.

De fato, o Twitter deixou o público mais próximo dos artistas, mas seus 140 caracteres não permitem a troca de conteúdo sem que sejamos direcionados para outros sites, né? A idéia de Justin e da Specific Media é tornar o Myspace um site de entretenimento, onde os fãs irão quando quiserem ver shows, vídeos e músicas exclusivos.

E você, já foi reativar a sua conta no MySpace?

[email protected]