Dior e Balenciaga, grifes bem renovadas

Paris - Como senhoras que rejuvenescem graças a medidas tão drásticas quanto um bom lifting, estas duas grifes tradicionais, que já passaram por ciclos de renovação, estão com ótima aparëncia depois de intervençcões no setor de criação.

Raf Simons ocupou o lugar de John Galliano na Dior e apresentou uma coleção combinando o corte de alfaiataria do famosos tailleur de 1949 que originou o termo New Look com looks mais próximos do seu próprio estilo – vestidos mais limpos, clean, tomara que caia, com bordados em peplos e panejamentos em branco ou rosa em modelos pretos, mais bordados com referèncias de Andy Warhol, da fase em que o mestre da Pop Arte desenhava sapatos para publicidade.

 O cenário da sala montada na praçca dos Invalides incluía esferas espelhadas e piso com pinturas de nuvens. Antes do desfile, a trilha estilo New Age dava uma písta de uma nova era para a grife Dior, que se destacou na tarde de hoje, na semana de moda de Paris.

Em Balenciaga, a estreia de Alexander Wang, jovem designer baseado em Nova York, também foi um bom prenúncio para a marca criada por um dos maiores gënios da moda, o espanhol Cristóbal Balenciaga. Sem enveredar pelo conceito absoluto seguido por Nicolas Ghesquiere – que tem o mérito inegável de ter tirado a grife do ostracismo -, Wang usou bem a pesquisa nos arquivos da casa. Fez modelos inspirados no corte avental, inflou um pouco as mangas, usou principalmente o preto e o branco e conseguiu um material novo, que possibilitou as modelagens mais armadas. Mas mais do que sabiamente adaptar as propostas do mestre original, Alexander Wang (30 anos), deu um estilo bem mais comercial à elegância de Balenciaga.

Paris sempre lança modismos além das coleções de roupas. Agora, além do desfile, há convites para o que se chama re see (ou rever, em inglês) –isto é, vai-se ao desfile e no dia seguinte, a um show-room ou salão de hotel chique, para ver de perto as roupas desfiladas.

O brasileiro Pedro Lourenço deixa de fazer o desfile tradicional, trocou por uma apresentação em vídeo, pela internet, no sábado pela manhã, (10 horas da manhã, em Paris, seis da manhã no Rio) no endereço DigitalFashionShows.com. A Abravest, associação de estilistas brasileiros está patrocinando participações em salões e a apresentação de uma menina nova, a Barbara Casasola, na Embaixada, no domingo, dia 3.