Dolce Vita nos colares, colour blocking nos móveis e saltos muito altos    

A exuberância e a beleza do filme La Dolce Vita, de Federico Fellini, se refletem na exuberância e beleza da coleção de inverno da Francesca Romana Diana. Destaque para os braceletes dourados, brincos de pedras e colares como este, o Aristocrazia, perfeito para completar cardigans despretensiosos, de preferencia pretos, para realçar o colorido das contas. Uma vantagem: ele vai ficar lindo também com os vestidos tomara-que-caia do verão! Preço: R$ 610 (www.francescaromanadiana.com)

 

Blocos de cores

Que tal, aderir ao colour blocking dentro de casa? Sim, em alguns móveis, como propõe a Paula Zilberberg, filha do Munis e da Sonia Zilberberg, da Celina Design. Paula abre no dia 03 de julho a Udine Casa no Espaço Itanhangá, onde móveis design exclusivos se combinam com peças clássicas e outras originais do Zanine Caldas e de Zanine de Zanine (www.udinecasa.com.br)

Mais alto!

Parece que não há limites para a altura dos saltos. A plataforma compensa, mesmo assim é uma ousadia, quase um estilo de vida, aderir aos novos modelos da TMLS, grife baseada em Campo Bom (Rio Grande do Sul) com produção para lojas e marcas da Europa e designers no Brasil e e na Inglaterra. O espírito moderno não escapa de uma nostalgia, já que os catálogos têm o conceito sexy das fotos que Guy Bourdin fazia para a Charle Jourdan nos anos 1980. Mas a Charles Jourdan não chegava nem perto da audácia da TMLS