Turquia, pavões e decadência romântica na moda de Milão

Milão manda no setor da moda masculina, ainda que a Itália passe por uma fase econômica difícil. É surpreendente notar que mesmo que a crise provoque em geral uma tendência clássica, as coleções continuam trazendo novas cores e inspirações variadas e modernas.

Na Bottega Veneta, Tomas Maier apostou no color blocking, nos tecidos luxuosos e cortes estreitos nos paletós. Frida Giannini levou um clima de romance e decadência, muitos veludos, para a Gucci. A marca que domina o estilo étnico é a Etro, assinada por Kean Etro, que sugere para o inverno 2012/13 um estilo meio pavão. Há sempre um personagem nas coleções, e o eleito da vez é Pégaso.

E como sempre, o destaque vai para Marc Jacobs, que pensou na Turquia para colorir as roupas masculinas com tons de temperos e toques exóticos. É jovem, moderno e faz aquele jeito de roupa que parece que o homem já usa. Tem a identidade masculina, casual e relax