Gasquet é campeão em Hertogenbosch e encerra jejum de títulos

O francês Richard Gasquet encerrou neste domingo um jejum de quase dois anos sem títulos no circuito profissional. O ex-número 7 do mundo se sagrou campeão do Torneio de Hertogenbosch, na Holanda, ao vencer na final o compatriota Jeremy Chardy pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/5).

Atual 30º do ranking, Gasquet não levantava um troféu desde outubro de 2016, quando foi campeão em Antuérpia. Agora ele soma 15 títulos no circuito, após bater na trave por duas vezes em Montpellier, na França, onde foi vice-campeão neste ano e também na temporada passada.

Com o resultado, Gasquet começa bem a curta temporada de grama, que culminará no Torneio de Wimbledon, terceiro Grand Slam do ano, no início de julho. Campeão pela primeira vez na competição holandesa, o francês levantou pela terceira vez um troféu sobre a grama.

Para tanto, o ex-Top 10 precisou superar as oscilações no saque nos dois sets da final. Em ambos, perdeu o serviço. Mas se saiu melhor que o rival, 72º do mundo. Na primeira parcial, obteve duas quebras. E, na segunda parcial, faturou apenas uma, mas levou a melhor no tie-break.

FEMININO - Na outra chave de simples da competição, a tenista sérvia Aleksandra Krunic conquistou o seu primeiro título no circuito da WTA, neste domingo, ao superar a belga Kirsten Flipens por 2 a 1, com parciais de 6/7 (0/7), 7/5 e 6/1.

A tenista de 25 anos chegou a salvar um match point, na semifinal, em busca do seu primeiro troféu. Na semi, ela eliminara a principal favorita ao título, a norte-americana CoCo Vandeweghe. Com o resultado, ela encerrou um jejum de títulos da Sérvia, o que já durava três anos, desde que Jelena Jankovic conquistou dois torneios em 2015.