Seleção feminina bate Coreia do Sul e amplia série de vitórias na Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei somou mais uma vitória na Liga das Nações nesta terça-feira. No primeiro desafio da terceira semana da competição, em Apeldoorn, na Holanda, a equipe de José Roberto Guimarães não teve maiores dificuldades para passar pela Coreia do Sul por 3 sets a 1, com parciais de 25/11, 25/14, 31/33 e 25/20.

A seleção chegou para a terceira semana da Liga das Nações embalada por uma série de cinco vitórias. Afinal, após perder na sua estreia na competição para a Alemanha, em Barueri, a equipe passou por Japão e Sérvia, ambas na cidade paulista, e Turquia, Argentina e República Dominicana, todas elas em Ancara.

Com estes resultados, a seleção ocupa a segunda colocação geral da tabela, com 18 pontos, apenas um atrás dos Estados Unidos. Quem também venceu seis das sete partidas disputadas foi a Turquia, que soma 17 pontos.

Nesta terça, Zé Roberto levou a seleção à quadra com Tandara, Bia, Gabi, Amanda e Roberta, além da líbero Suelen. O treinador realizou menos testes desta vez e colocou em quadra no decorrer do jogo apenas Monique e Macris.

O Brasil assumiu o controle da partida logo de cara e não tomou conhecimento das adversárias. No primeiro set, abriu sete pontos de vantagem no início e arrancou para um triunfo bastante tranquilo. Já no segundo, o equilíbrio durou até a seleção fazer 15 a 14, porque, a partir daí, não cedeu sequer um ponto à adversária.

Somente na terceira parcial a Coreia acordou, conseguiu manter o equilíbrio até os pontos finais, para, em um erro de Tandara, fechar o set mais longo do jogo. Mas a reação parou aí. Aos poucos, o Brasil se reencontrou na quarta parcial, fez valer novamente sua maior qualidade e arrancou para o triunfo.

O grande destaque da vitória foi Tandara, autora de incríveis 33 pontos. Ela ainda teve o auxílio de Bia, com 19. Do lado da Coreia, destaque para os 19 pontos de Jeongah Park, mas a equipe sentiu bastante a ausência de sua principal jogadora, Kim Yeon-Koung, poupada.

A seleção brasileira agora segue em Apeldoorn para mais dois compromissos. Nesta quarta-feira, duela com a Polônia, às 11h30 (horário de Brasília). Já na quinta, o confronto será diante das donas da casa, as holandesas, às 14h30.