Zé Ricardo avalia desempenho do Vasco na Arena Fonte Nova

Em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama foi superado pelo Bahia por 3 a 0 na Arena Fonte Nova, em Salvador. Após a partida, o treinador Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva e avaliou o desempenho cruzmaltino em solo baiano. Para o comandante, o Vasco fez um bom primeiro tempo, mas não conseguiu manter o ritmo na etapa final.

- Não temos como comparar o resultado de hoje com aquele obtido na estreia da Copa do Brasil. Apesar de numericamente o placar ter sido igual, o jogo foi diferente. Até o primeiro gol do Bahia, dentro das nossas possibilidades, estávamos nos comportando bem. A partir dele e da expulsão do Leandro, as coisas se complicaram e em dois lances finais eles construíram o resultado. Não tem muito o que lamentar ou tentar explicar. Saímos daqui entendendo que o placar foi elástico demais - afirmou o técnico.

Diante do Tricolor Baiano, conforme abordado anteriormente, o Almirante entrou em campo desfalcado de muitos jogadores. A ausência de peças importantes fez a comissão técnica relacionar três atletas do sub-20 para o jogo deste domingo (27/05). Um deles, o atacante Matheus Moresche, entrou no segundo tempo e fez a estreia entre os profissionais.

- Esse número alto de desfalques preocuparia qualquer treinador e comigo não é diferente. O lado bom disso é que podemos tentar dar alguma experiência para os nossos meninos. Talvez não seja o momento ideal por conta da pressão e da fase que atravessamos, mas isso serve para amadurecê-los. Vamos procurar recuperar o pessoal que está fora para podermos um Brasileiro mais próximo do nosso objetivo - disse Zé Ricardo.

Com oito pontos em sete jogos disputados, o Vasco da Gama terá a chance de se recuperar no Brasileirão na próxima semana, quando irá atuar duas vezes consecutivas em São Januário, contra Paraná Clube e Botafogo, respectivamente. Fazer valer o mando de campo é o grande objetivo do Vasco. 

- O nosso pensamento é ter bons resultados para voltarmos para a parte de cima da tabela, mas vamos procurar pensar jogo a jogo. O foco total hoje está no Paraná Clube. Não costumamos lamentar por quem está fora, mas sim dar moral para quem está disponível. Vamos procurar nesses dois dias trabalhar forte para virarmos a página na quarta-feira e fazermos uma boa apresentação - concluiu o comandante.