Volvo Ocean Race: velejadores iniciam etapa de Itajaí (SC)

Equipe Brunel chega ao Cabo Horn e é primeira embarcação rumo à costa brasileira

A etapa 7 da Volvo Ocean Race fez nesta quinta-feira sua passagem do oceano Pacífico para o oceano Atlântico, quando a embarcação Brunel cruzou o Cabo Horn e assumiu a ponta na corrida rumo a Itajaí.

A equipe comandada por Andrew Cape e Bouwe Bekking cruzou o Cabo Horn às 13h da tarde (local) e conquistou um ponto na competição. O navegador Simon Fisher revela o cansaço da equipe nos últimos dias e admite estar ansioso para terminar a sétima etapa:

- Acho que falo por todos ao dizer que estamos realmente ansiosos para chegar lá. O Cabo Horn é o mais difícil dos grandes cabos e esta provavelmente tem sido a etapa mais dura do Oceano Sul já registrada há algum tempo. Estou na minha quinta corrida agora e não me lembro de uma tão difícil. Como de costume, [o vento] está soprando por volta de 35 a 40 nós, então, na verdade, não houve descanso na última semana com essas condições.

Apesar da liderança, o clima na embarcação não é dos melhores: na última segunda-feira, o navegador britânico John Fish, da embarcação Scallywag, caiu no mar e após várias dias desaparecido, foi dado como morto. O capitão Bouwe Bekking afirmou que todos a bordo estão afetados pela tragédia e dedica a etapa à memória de John Fish.

- A tripulação está muito, muito, muito cansada. Apesar de estarmos liderando, não há sentimento de alegria a bordo. A perda de John está nos afetando muito mais intensamente do que as pessoas gostariam de admitir: penso nele várias vezes em uma hora. Essa etapa é definitivamente para o Fish.

A previsão para a chegada da regata no Brasil é no próximo dia 6 de abril.