Sasha dá receita para Santos na Liberta e aposta em esquema de Jair

Peixe enfrentará o Estudiantes, da Argentina, no dia 5, e camisa 27 se apega em detalhes para levar a vitória. Técnico foi a campo com quatro atacantes em clássico e Sasha aprova

O Santos vai enfrentar o Estudiantes, da Argentina, no dia 5,em Quilmes (ARG), pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, às 21h30 . E apesar da dificuldade de jogar fora, Sasha dá a receita para que o time vença os argentinos: força de vontade e disputa pela bola.

Artilheiro, com seis gols pelo Peixe na temporada, o "meia conterrâneo" do time rival não se intimida com a pressão da torcida alheia. A ideia do camisa 27 é ganhar igualar no ritmo de jogo para vencê-los.

- Todos nós sabemos que jogar contra argentinos é complicado pelas questões de estádio pequeno, torcida bota pressão, fora a questão de chegar mais firme. Teremos que entrar nesse mesmo ritmo. Ganhar as disputas, dividir as bolas, e ganhar na luta deles para mostrar mais força de vontade e sairmos com vitória. É bom ter torcida contra a gente, mas não é um fator que vai oferecer equipe deles. Temos tudo para fazer uma boa partida, é questão de igualar e ganhar na pegada dos argentinos. Sabemos como são. Como sou meio conterrâneo deles, sei como lidar com eles - explicou.

Outro fator que pode ajudar o time de Jair é a aposta do técnico com quatro atacantes no esquema. Contra o Palmeiras, na eliminação da última terça-feira, o treinador foi a campo com Sasha, Rodrygo, Arthur Gomes e Gabigol.

Com um time mais ofensivo, Sasha viu a movimentação e o entrosamento do quarteto confundir o adversário e acredita que tem tudo para dar certo contra o argentinos.

- Time ficou com características ofensivas. Nós três, eu, Rodrygo e Arthur, voltamos para marcar também. Isso nos deu suporte defensivo e ofensivo para chegar com bastante gente na frente. Formação deu certo. Ganhamos, mas sem a classificação. Essas trocas podem confundir o adversário e criar espaço. Temos os quatro a movimentação, isso dificulta. Se treinarmos mais e criamos entrosamento, tem tudo para dar certo - disse.

O Peixe terá uma semana cheia para recuperar os atletas desgastados e desenhar o time para a Libertadores. Rodrygo e Sasha são os mais desgastados. Cittadini se recupera de uma lesão no posterior da coxa esquerda.