Napoli testa capacidade de reação para buscar líder Juventus

Após uma derrota e um empate nas duas últimas rodadas, a Napoli (2º) busca reação no domingo contra a Genoa (13º), pela 29ª rodada da Serie A, para tentar diminuir a distância para a líder Juventus.

Após vencer a Atalanta na última quarta-feira em partida atrasada, a Velha Senhora abriu quatro pontos para os napolitanos. Se vencer o modesto SPAL (18º) no sábado, a Juve vai ampliar a vantagem para sete unidades e pressionar o principal adversário ao título.

O retorno do craque argentino Paulo Dybala, recuperado de lesão na coxa sofrida em janeiro, coincidiu com o melhor momento da temporada do time de Massimiliano Allegri: classificado para as quartas da Liga dos Campeões e líder do Italiano após 12 vitórias consecutivas.

O ritmo infernal imposto pela Juventus, que não perde desde o dia 19 de novembro (3-2 contra a Sampdoria), acabou tirando o trono da Napoli, que só somou um ponto nas últimas duas rodadas.

Os napolitanos, por outro lado, não se dão por vencidos: "a Napoli nunca se rende. Ainda pode acontecer qualquer coisa e restam muitos pontos", declarou o capitão Marek Hamsik.

Mas o time precisa reagir rapidamente se quiser evitar o hepta campeonato da Juventus e levar o troféu para San Paolo, estádio onde vai receber o time de Turim pela 34ª rodada. A partida pode ser decisiva para a definição do campeonato.

Mas antes disso, os comandados de Maurizio Sarri não podem se permitir mais tropeços.