Fluminense sofre mais um prejuízo jogando no Estádio Nilton Santos

Clube conseguiu pagar o aluguel do local

Assim como na goleada por 5 a 0 contra o Salgueiro, o Fluminense voltou a ter prejuízo no Estádio Nilton Santos. O público pouco acima dos 7 mil pagantes no confronto contra o Avaí (8,214 presentes) pela terceira fase da Copa do Brasil não foi o suficiente para cobrir o rombo de mais de R$ 279 mil.

O aluguel do local, no entanto, foi quitado. O valor, vale lembrar, é de R$ 180 mil. A receita obtida foi de R$ 186.560,00. Porém, o total de despesas para a utilização da arena foi consideravelmente alta: R$ 466.035,90. Entre os maiores valores estão a taxa de iluminação de R$ 25 mil e a despesa operacional do estádio, que chega a quase R$ 103 mil.

Com o Maracanã ainda fechado para obras, o Niltão é o principal palco para as partidas no Rio de Janeiro. O Tricolor chegou a procurar o Botafogo para fechar mais partidas no local, mas os altos prejuízos podem frear negociações futuras. Os gastos, por exemplo, foram o principal motivo do Fla-Flu ter sido realizado na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Fonte: Lance