Jogador de futebol francês sofre racismo na Itália

O meio-campista da Juventus Blaise Matuidi relatou ter sofrido racismo enquanto disputava o Campeonato Italiano pelo segundo final de consecutivo.

"Passei por racismo durante a partida. Pessoas fracas tentam intimidar com o ódio. Eu não odeio e só posso lamentar aqueles que promovem maus exemplos", disse o jogador no Facebook sobre a partida contra o Cagliari.

O incidente ocorre após o time responsável pelo estádio em que o primeiro caso de racismo ocorreu, Hellas Verona, ter sido multado em 20 mil euros pelos cânticos racistas de sua torcida.

Matuidi afirmou "o futebol é uma maneira de espalhar a igualdade, paixão e insipiração e é por isso que estou aqui".

Filho de pai angolano e mãe do Congo, o meio-campista nasceu na França e defende a seleção francesa.

Sputnik