Após quase duas décadas, Milan rescinde contrato com Adidas

Marca alemã era patrocinadora histórica do clube

Após uma parceria de quase 20 anos, o Milan não será mais patrocinado pela Adidas a partir da próxima temporada, segundo informou o clube nesta terça-feira (24).

A marca alemã era fornecedora esportiva da equipe rossonera desde 1998 e tinha contrato até 2023, pagando cerca de 20 milhões de euros por temporada. No entanto, a diretoria do Milan resolveu rescindir o vínculo.

"A parceria atual, que começou no dia 1º de julho de 1998, foi destacada por um fluxo consistente de sucessos, com um total de doze troféus. O Milan, agradecer a Adidas pela consolidada relação", escreveu em nota o clube italiano.

Embora não tenha anunciado o nome da nova fornecedora, o clube afirmou que já "assinou um novo acordo com uma fabricante". Acredita-se que a nova parceira do Milan seja a Puma, mesmo que os valores negociados sejam inferiores ao anterior com a Adidas.