Por expulsão, Fagner não encara Universidad na Libertadores

O Corinthians ganhou um desfalque para a partida contra a Universidad de Chile, na quarta-feira, em Itaquera, na estreia do time na Copa Sul-Americana. O lateral direito Fagner terá que cumprir suspensão, por conta de expulsão ainda em 2016.

O jogador, que já foi ausência em alguns jogos recentes, por conta de sua convocação para a Seleção Brasileira, foi excluído da partida contra o Nacional, do Uruguai, em 2016, em duelo que terminou empatado por 2 a 2, em Itaquera, e acabou gerando a eliminação dos comandados de Tite.

Fagner foi suspenso pela Conmebol por dois jogos. Assim, ele perderá não apenas a ida, nesta quarta, como também no confronto de volta, no Chile, no dia 10 de maio.

Sem o titular, o técnico Fábio Carille deve utilizar o jovem Léo Príncipe, reserva imediato do camisa 23. O garoto, formado na base do Timão, já vem sendo utilizado sempre que Fagner fica fora das partidas do Alvinegro.

O Corinthians estreia na Sul-Americana nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), em mais um mata-mata para a equipe. O mês de abril, com decisões no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, além da própria competição continental, é decisivo para as pretensões do clube em 2017.