Com posição recuperada, Prass fará 200º jogo pelo Palmeiras

Substituído por Jailson de forma bem-sucedida em 2016, Fernando Prass recuperou a posição de titular nas primeiras partidas desta temporada. Às 19h30 (de Brasília) do próximo domingo, diante do Ituano, ele completará a marca de 200 jogos com a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Contratado no final de 2012, Prass é o jogador com mais tempo de clube no elenco comandado pelo técnico Eduardo Baptista. Pelo Palmeiras, ele participou dos títulos da Série B do Campeonato Brasileiro 2013 e da Série A 2016, além da Copa do Brasil 2015.

Com 200 jogos, Fernando Prass assumirá a 73º colocação entre os atletas que mais vestiram a camisa do clube fundado em 1914, logo atrás do zagueiro Roque Júnior (202). De volta ao time titular, ele pode subir significativamente na lista, já que tem contrato até o final de 2017.

Considerando somente os goleiros, o atual camisa 1 tem ainda mais destaque e já aparece na oitava posição. Apenas Leão (620), Marcos (533), Valdir de Morais (480), Velloso (456), Oberdan Cattani (353), Sérgio (333) e Gilmar (289) superam Fernando Prass.

O goleiro poderia ter acumulado ainda mais jogos em sua trajetória no Palmeiras, mas foi atrapalhado por duas graves contusões. Em 2014, sofreu uma lesão no cotovelo direito e fez apenas 32 exibições. Em 2016, a serviço da Seleção Olímpica, teve um novo problema no mesmo local e disputou 41 partidas.

Fernando Prass bateu seu recorde de jogos em uma temporada pelo Palmeiras em 2015. O goleiro participou de 68 partidas e entrou para a história do clube alviverde ao converter sua cobrança na vitória por pênaltis sobre o Santos pela final da Copa do Brasil.

Alcançar os três dígitos não é novidade na carreira de Fernando Prass. Pelo Vasco da Gama, ele disputou 248 partidas de 2009 a 2012. No Coritiba, entre 2002 e 2005, foram 186 jogos. Aos 38 anos, o palmeirense alimenta o sonho de finalmente estrear pela Seleção Brasileira.