Lucas Lima reconhece 2016 ruim e evita falar sobre renovação

Além da atuação brilhante de Vladimir Hernández, que fez um golaço de bicicleta e ainda deu uma assistência de letra para Thiago Ribeiro marcar, o Santos contou com outras gratas surpresas na goleada por 5 a 1 sobre o Kenitra, do Marrocos, em amistoso realizado neste sábado, no Pacaembu. E uma delas foi Lucas Lima.

O camisa 10 santista, que conviveu com críticas da torcida por conta de suas fracas atuações em 2016, começou o ano querendo mostrar serviço. Buscando jogo, o meia sofreu com faltas e participou de várias ações de ataque. Em uma delas, Vitor Bueno aproveitou desvio da zaga marroquina e anotou um dos gols. Buscando retomar a boa fase em 2017, Lucas Lima admitiu que esteve abaixo da média na última temporada.

"Muita gente me criticou no ano passado, muita gente falando na minha orelha, mas eu sei que oscilei. Minha autocrítica é muito grande. Quero mostrar o meu potencial. Sei os motivos pelos quais eu oscilei, mas não quero falar disso. Ano novo, vida nova", afirmou o meia.

Além de recuperar seu bom futebol, Lucas Lima precisará resolver um outro problema em 2017. Com contrato em vigência até dezembro deste ano, o jogador pode assinar um pré-acordo no meio do ano com qualquer equipe. O Santos já demonstrou interesse em uma renovação. Já o meia, que sonha em jogar na Europa e também recebeu propostas da China, desconversa sobre o assunto.

"Estou focado em jogar a Libertadores bem. Sobre a renovação a gente conversou um pouco no ano passado, mas estou muito tranquilo. Agora é o momento de focar apenas nos campeonatos que vamos disputar e ajudar o time", concluiu Lucas Lima.