Santos segue otimista por Bruno Henrique e deixa reunião para segunda

O Santos segue firme na busca para fechar com Bruno Henrique, do Wolfsburg, da Alemanha. Na última terça-feira, o clube enviou um representante para Málaga, na Espanha, onde os alemães estão treinando para a segunda metade da temporada europeia, para negociar a liberação do atacante. A diretoria dos Lobos, porém, pediu para conversar com o santista apenas nesta segunda-feira.

De acordo com informações apuradas pela Gazeta Esportiva , a possibilidade do jogador chegar ao Peixe aumentou depois dos alemães darem sinal verde. A ideia da diretoria é trazer Bruno Henrique por empréstimo de um ano com valor de compra fixado. Os valores entre o atacante e o Santos já foram acertados. Porém, o Wolfsburg quer que o alvinegro se comprometa a pagar uma quantia ao final do empréstimo, para contratar o atleta em definitivo.

O time de Vila Belmiro, por sua vez, pretende reverter essa situação. Inicialmente, o representante tentará derrubar a cláusula que obriga a compra após o empréstimo. Caso os alemães não aceitem, o santista irá iniciar uma negociação para trazer Bruno Henrique em definitivo. Por conta desse entrave, os responsáveis pela negociação evitam dar o acerto como certo, mas confiam em um acordo.

O próprio jogador, por sua vez, mostrou vontade de jogar no Santos e acredita que o negócio terá um desfecho positivo. "Conversei com os dirigentes e eles estão dispostos a liberar. Estou ansioso pela resposta. Acho que a liberação sai. A questão aqui não foi a adaptação e sim as oportunidades. Não estou jogando, não estou sendo aproveitado. E quero jogar, quero mostrar o meu valor. O interesse do Santos é antigo. Estou ansioso. É um time que me identifico muito pelo estilo de jogo, pelo estilo do Dorival. Joga para a frente, buscando sempre o gol e o futebol bonito. Será um prazer vestir essa camisa, a camisa de tantos craques como Pelé e Neymar", disse o atacante em entrevista ao SporTV.

O jogador de 26 anos é visto com bons olhos por Dorival, tanto que ele já tentou sua contratação no final de 2015. Na época, quando ainda pertencia ao Goiás, o jogador optou pela oportunidade de atuar na Europa e acabou indo para o futebol alemão.