Camilo nega propostas e garante permanência no Botafogo

A concorrência por uma vaga no Botafogo aumentou com a contratação dos meias Montillo e João Paulo, mas Camilo, um dos destaques da equipe na temporada passada, não pensa em deixar o time de General Severiano. Em entrevista à Rádio Tupi, Camilo confirmou que seu empresário recebeu algumas sondagens de clubes do exterior, mas que não apareceu qualquer proposta concreta, ao contrário do que chegou a ser noticiado na semana passada.

Camilo disse que não se preocupa com o assunto porque o seu representante sempre soube conduzir de forma correta a sua carreira. O meia alvinegro confirmou que tem contrato com o Botafogo até 2018 e que está focado em realizar, novamente, um grande trabalho em um ano que será muito especial para o clube. "A Libertadores é um torneio muito difícil. Nosso primeiro obstáculo, o Colo Colo, já mostra isso. Temos que fazer um belo trabalho para passar por esse objetivo primeiro e pensar alto lá na frente", disse o meio-campista.

Camilo explicou que ainda não houve qualquer conversa com a diretoria da equipe sobre a extensão do seu contrato. O jogador gostaria de estender o vínculo para se sentir mais seguro em relação ao seu futuro. "Vou continuar fazendo meu trabalho até onde tiver meu contrato, depois a gente vê o que pode acontecer. Depois de seis meses muito intensos, me sinto muito à vontade no clube. Criei uma grande identificação e muito carinho pelo Botafogo", finalizou.

Canales é esperança na Libertadores

Desde que chegou ao Botafogo, o atacante Canales só marcou um gol e não caiu nas graças da torcida alvinegra. Para 2017, as expectativas em relação ao experiente jogador são bem otimistas. O presidente Carlos Eduardo Pereira acredita que o atleta será muito importante para a disputa da Libertadores. O jogador, de 34 anos, está se recuperando de cirurgia no tornozelo esquerdo e a comissão técnica alvinegra vem trabalhando de forma intensa para que Canales possa estar 100% na pré-temporada, que começa no dia 17 de janeiro.

O dirigente explicou que o Botafogo terá Canales e Roger, uma dupla de atacantes com muita experiência e que pode dar excelentes resultados na competição sul-americana.