Pentacampeão, Edmilson revela vontade de assumir algum clube nas próximas temporadas

Ainda bastante atuante no mundo do futebol cinco anos após sua aposentadoria, o ex-zagueiro Edmílson já pensa em que quer fazer nos próximos anos de sua carreira. Atualmente embaixador das escolas de futebol do Barcelona pelo mundo, o campeão mundial com o Brasil em 2002 gostaria de assumir o comando técnico de alguma equipe. E qualificações não faltam.

"Esse ano fiz parte do comitê de reformas da CBF, sou praticamente um consultor. Fiz um curso de treinador agora em dezembro e foi muito produtivo. Em 2017 tenho planejado de entrar em algum clube. Estou me preparando para ter uma oportunidade em clube", afirmou o jogador para a Gazeta Esportiva durante um evento da empresa japonesa Konami, que apresentou o atacante Gabigol como novo embaixador oficial do jogo Pro Evolution Soccer 2017.

Tendo começado sua carreira no XV de Jaú, Edmilson jogou também no São Paulo antes de sair do Brasil para atuar no Lyon, onde passou quatro anos. Após o clube francês, o zagueiro e volante ficou mais quatro temporadas no Barcelona, fazendo parte do elenco campeão da Liga dos Campeões de 2005/06. No game da Konami, Edmilson faz parte da equipe especial "Lendas do Barcelona", com veteranos do clube catalão.

"Praticamente faz 8 anos que saí do Barça mas ainda tenho bastante contato com o clube. A Fundação Edmilson tem uma parceria com a Fundação Barcelona e acabamos de renovar uma parceria de 4 anos. Em 2017 teremos várias ações junto com eles no Brasil", acrescentou o jogador, que ainda atuou pelo Villarreal e Real Zaragoza na Espanha e Palmeiras e Ceará no Brasil antes de se aposentar em 2011.

E foi no clube cearense que Edmilson quase começou sua empreitada como treinador. "Recentemente quase acabei fechando com o Ceará, mas infelizmente pelo clube não ter me dado autonomia no cargo acabei não assumindo. Mas agora tenho a expectativa de acontecer algo no próximo ano", revelou o ex-jogador.

Edmilson também analisou o atual momento do cenário brasileiro, com técnicos mais jovens e "modernos" conquistando grandes êxitos. "Dentro do futebol é como um time. Você precisa ter jogador experiente e jovem. Essa mescla é importante dentro de um clube. Hoje dentro dos treinadores tem um pessoal mais experiente e esse pessoal começando agora", analisou Edmilson.

"O que a gente precisa é ter esse pessoal que veio do futebol e também estudou, porque isso não é fácil", contou. O possível futuro técnico também afirmou que não tem preferência por determinados clubes, colocando que precisa estar aberto para levar o melhor para o clube que deseje contar com seus trabalhos. "Estou aberto para o futebol", completou.