Moisés estuda nova cirurgia, mas descarta prejuízo em preparação

O meio-campista Moisés foi um dos protagonistas do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Candidato ao prêmio de melhor jogador do torneio, ele estuda a possibilidade de passar por uma nova cirurgia no pé esquerdo, mas descarta que a eventual intervenção possa prejudicar a preparação para a próxima temporada.

No último mês de fevereiro, durante a partida contra o Linense, pelo Campeonato Paulista, o meio-campista sofreu uma fratura no pé esquerdo e precisou passar por cirurgia. Com dores desde então, ele pode passar por nova intervenção em breve.

"Se tiver que fazer algum procedimento, vai ser só a retirada dos pinos, o que é bem simples. Minha cirurgia está perfeita. Já fiz várias ressonâncias e raios-x, provando que está tudo muito bem. É que os pinos às vezes pegam em algum tendão e acaba doendo", explicou.

O desconforto dentro de campo, porém, não foi suficiente para impedir Moisés de brilhar no Campeonato Brasileiro. Escalado em 34 das 37 partidas do Palmeiras no torneio, o meio-campista marcou três gols, um deles no clássico contra o Corinthians, em Itaquera.

"Não vejo risco algum de me atrapalhar na pré-temporada", declarou, sobre a possível nova cirurgia. "Vamos estudar agora se é melhor tirar os pinos ou não. Vou ter um mês para descansar e talvez só o repouso já acabe com as dores. Vamos sentar e ver certinho o que fazer", explicou.

Contratado após passar pelo Rijeka-CRO, Moisés tem vínculo com o Palmeiras até 31 de dezembro de 2017, com opção para mais dois anos de acordo. Querido pela torcida alviverde, o meio-campista de 28 anos de idade planeja multiplicar seus jogos no clube.

"A identificação que eu e minha família tivemos com o Palmeiras foi muito grande e rápida, coroada pelo título. Então, o objetivo é permanecer aqui por um longo tempo, porque está sendo maravilhoso. É um clube com o qual me identifiquei muito e quero permanecer", reiterou.

Campeão com uma rodada de antecedência, o Palmeiras se despede do Campeonato Brasileiro às 17 horas (de Brasília) do próximo dia 11 de novembro, contra o Vitória, em Salvador. A partida será a última do técnico Cuca no comando do time alviverde, já que ele preferiu sair por questões pessoais.