Sampaoli lamenta derrota, mas exalta poder decisivo de Messi

Apesar da boa fase do Sevilla, Lionel Messi mostrou mais uma vez todo o seu poder de decisão na vitória do Barcelona, por 2 a 1, de virada, na casa do adversário. O técnico Jorge Sampaoli lamentou o resultado, que considerou injusto, mas rendeu elogios ao seu conterrâneo.

"Messi é um jogador de nível mundial que, às vezes, permite ser freado e, outras vezes, não. Quando a partida engata, pouco se pode fazer para pará-lo. Nem ele nem seus companheiros que, com espaços, te penalizam muito", avaliou o comandante, que viu o tento do camisa 10 como fundamental para o placar final. "O gol de Messi foi determinante para o ânimo da equipe", completou.

Os donos da casa abriram o placar aos 15 minutos do primeiro tempo, com gol de Vitolo. Animados até demais, passaram a desperdiçar algumas oportunidades e viram o argentino empatar o jogo aos 42, com belíssima assistência de Neymar. No segundo tempo, foi a vez de Messi construir a jogada e servir Suárez, que marcou o gol da vitória. Sampaoli lamentou a derrota.

"Jogamos até o final, mas não conseguimos encontrar o empate. Ficamos bravos por perder uma partida em que acredito que merecíamos algo a mais pelo que fizemos. Perdemos porque não tivemos a contundência necessária para derrotar uma grande equipe", finalizou.

Vitolo, que anotou o gol do Sevilla, também não hesitou em exaltar o capitão azul e grená. "Leo é o melhor da história e sabe manejar os jogos. No primeiro tempo o apertamos bastante, mas na segunda etapa ele fez a diferença", finalizou, após sair de campo com a primeira derrota em casa na temporada.

Com 25 pontos, o Barcelona é o vice-líder do Campeonato Espanhol, atrás apenas do Real Madrid, que soma 27. O Sevilla, com 21 pontos, é o quinto colocado.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais