TAS reduz gancho de Sharapova por doping para 15 meses

Tenista russa poderá voltar às quadras em abril de 2017

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) reduziu nesta terça-feira (4) de dois anos para 15 meses o gancho imposto à tenista russa Maria Sharapova por doping.

Com isso, a estrela poderá voltar a competir a partir do próximo dia 26 de abril de 2017. Em seu perfil no Facebook, ela disse viver um de seus dias mais felizes e que está "contando os dias" para retornar às quadras.

Sharapova levou o gancho após ter sido flagrada com a substância meldonium no Aberto da Austrália, em janeiro. Apesar de assumir toda a responsabilidade, ela diz que não tinha intenção de burlar as regras, já que o medicamento - usado no combate à diabetes - havia sido colocado na lista de doping apenas no fim de 2015.