Gabriel Jesus se apresenta à Seleção, mas mantém cabeça no Palmeiras

Um dos jogadores mais aguardados na concentração da Seleção Brasileira em Natal, Gabriel Jesus se juntou ao elenco de Tite na manhã desta terça-feira. Chegando à Seleção após a vitória que colocou o Palmeiras a três pontos do Flamengo, vice-líder do Brasileirão, o atacante comentou a respeito dos adversários nas Eliminatórias e do elenco brasileiro, mas não conseguiu fugir do assunto "título do Campeonato Brasileiro".

"É tudo novo para mim. Há três anos jogava na várzea, hoje estou na Seleção. Fico muito feliz e satisfeito, mas quero sempre buscar mais para alcançar mais objetivos. Com certeza a torcida vai lotar o estádio e apoiar muito. É chamar a torcida para jogar junto com a gente", afirmou o atacante sobre a reta final da competição nacional.

Mesmo com a vitória e os três pontos de vantagem para o Rubro Negro, o artilheiro do Palmeiras acredita que ainda existe muito campeonato pela frente. "A gente só depende da gente, fazer nosso papel dentro de campo. Tem que trabalhar quieto. Vimos desde a primeira rodada forte, focado no nosso objetivo. Não sabemos o que vai acontecer até a última rodada, mas esperamos conseguir o título", acrescentou.

Jesus também exaltou a qualidade e a entrega dos jogadores da equipe verde e amarela. "Aprendo não só com o Neymar, mas com todos que servem à Seleção. Sabemos a qualidade do Neymar, é indiscutível. Todos os jogadores fizeram por onde, trabalharam nos seus clubes para merecerem estar aqui", analisou.

Pelas Eliminatórias, o Brasil enfrenta a Bolívia nesta quinta-feira, na Arena das Dunas, e Gabriel descarta um jogo fácil. "O futebol mudou muito. Todo jogo é difícil. Não podemos entrar de cabeça baixa", completou o jovem.