Mesmo com eventual rebaixamento, Grafite diz que fica no Santa em 2017

A situação do Santa Cruz está complicada na Série A do Campeonato Brasileiro. Somando apenas 23 pontos em 27 jogos, o clube ocupa a 19ª colocação do torneio, 10 pontos a menos do que o necessário para deixar o Z4. Tendo renovado seu contrato com a Cobra Coral recentemente, o centroavante Grafite, porém, garantiu que cumprirá seu vínculo mesmo de o descenso ocorrer.

"Isso não me preocupa. Eu renovei meu contrato até o final de 2017. Não tem cláusula nenhuma de Série B ou Série A", disse o veterano de 38 anos em entrevista ao Superesportes.

Apesar de ter vindo para o Santa Cruz com o intuito de jogar pelo clube do coração, a renovação de Grafite não saiu barata aos cofres do Tricolor. No início do Campeonato Brasileiro, quando marcou seis gols em três jogos, antes de renovar seu contrato, o centroavante rejeitou sondagens e ofertas de outras equipes.

"Eu sei muito bem as dificuldades do clube. Alírio (Moraes, o presidente) sempre me disse que pode aparecer algum negócio para mim. Até por eu ser mais velho, ter o maior salário do grupo… Mas se o Santa Cruz me quiser, eu fico. Não tem nada específico de se cair ou não", completou.

Nesta segunda-feira, o Santa Cruz recebe o líder Palmeiras no Arruda, às 20h (de Brasília), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se vencer, o clube pode diminuir a distância para o Figueirense, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, para sete pontos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais