Materazzi confessa o que disse antes da cabeçada de Zidane

Em entrevista ao jornal L’Equipe, Marco Materazzi, ex-zagueiro italiano, falou sobre o incidente com Zinedine Zidane na final do Mundial de 2006, que ficou para a história do futebol mundial.

Marco Materazzi confessou que ele não entendia por que a história alcançou proporções tão grandes. “A única coisa que quero recordar é que marquei dois golos na final", destaca ele.

"As minhas palavras foram estúpidas mas não mereciam aquela reação. Em qualquer bairro de Roma, Nápoles, Turim, Milão ou Parus se ouvem coisas mais graves", explicou o antigo internacional italiano, antes de acrescentar: “Falei da irmã dele, não disse nada sobre a mãe como li em alguns jornais. A minha mãe faleceu quando eu tinha apenas 15 anos, por isso nunca iria insultar a mãe dele”.

Além do episódio da agressão, Zidane e Materazzi também foram responsáveis por marcar os gols do empate por 1 a 1 na final. Diferente do camisa 10 francês, que não participou da disputa de pênaltis, o zagueiro ainda balançou as redes e ajudou a Itália a conquistar o campeonato mundial.