Buffon defende convocação de Totti para Euro 2016

Craque de 39 anos não é chamado há tempos para a Azzurra

Presença certa na Eurocopa de 2016, o goleiro da seleção italiana Gianluigi Buffon, de 38 anos, defendeu a convocação de outro veterano ídolo da Azzurra para o torneio: o meia-atacante Francesco Totti, de 39.

Principal responsável por garantir a classificação da Roma para a próxima Liga dos Campeões graças a uma série de gols e assistências nos minutos finais das partidas, "il Capitano" ("o Capitão") é provavelmente o maior nome do futebol da Itália ainda em atividade, ao lado do próprio Buffon, mas, ao contrário do goleiro, perdeu espaço na seleção com o avançar da idade.

"Um jogador como ele, com o seu talento, pode decidir a partida a qualquer momento. Jogadores com as suas qualidades são poucos: por Totti se faz tudo", declarou o arqueiro da Juventus. No entanto, até o momento o técnico Antonio Conte não deu sinais de que convocará o craque romanista.

Recentemente, Buffon renovou seu contrato com a Velha Senhora até 2018, já que seu objetivo é disputar mais uma Copa do Mundo, que seria a sua sexta. Por sua vez, Totti ainda negocia com a Roma para estender seu vínculo por mais uma temporada.