Jogador do Friburguense morre em partida amadora em MG

O jogador Bernardo Ribeiro, do Friburguense, faleceu na noite deste sábado em uma partida amadora na cidade de Recreio, localizada na Zona da Mata de Minas Gerais. Contratado pelo time carioca até o final deste mês, o meia de 26 anos sofreu um mal súbito e não resistiu ao chegar no hospital.

Bernardo atuou no Campeonato Carioca em nove oportunidades, mas não marcou nenhum gol. Ele participou da campanha que culminou com o rebaixamento do Friburguense para a Série B do Rio de Janeiro. De folga, o jogador participava de uma partida realizada no Estádio Alcides Campos.

O meia construiu a maior parte de sua carreira na Albânia, mas também teve passagens pela Itália, Finlândia e Austrália. Aos 26 anos decidiu retornar ao Brasil no ano passado, quando defendeu o Inter de Lages, no Rio Grande do Sul, antes de fechar com o Friburguense para a disputa do Campeonato Carioca de 2016. Bernardo foi revelado pelas categorias de base do Flamengo e chegou a atuar com Renato Augusto, participando da mesma safra.

Veja nota oficial do Friburguense:

O esporte de Nova Friburgo se despede de mais um talento, e a sociedade, de um grande ser humano. Bernardo Ribeiro, de apenas 26 anos, morreu na noite deste sábado, 7, durante uma partida de futebol amador em Recreio, Minas Gerais. Bernardo disputou o Campeonato Carioca deste ano pelo Friburguense, e participava do torneio durante as férias. De acordo com as primeiras informações a partida no fim do primeiro tempo quando o jogador passou mal, saiu de campo e foi substituído. Bernardo foi socorrido pela ambulância ainda no estádio e levado ao Hospital da cidade de Recreio, onde não resistiu e faleceu por volta de 21h30. O laudo médico oficial ainda não foi divulgado, mas é provável que Bernardo tenha sido vítima de um mal súbito.

Friburguense de nascimento, Bernardo Salim Ribeiro tinha 26 anos de idade. Filho da ex-vereadora e ex-secretária de saúde de Nova Friburgo, Dra. Jamila Calil, foi formado nas categorias de base do Flamengo. Meia-atacante habilidoso, dono de boa visão de jogo e chute potente, ficou muito tempo no futebol da Albânia, onde foi ídolo. Além disso, também passou por países como Finlândia, Itália e Austrália antes de acertar com o Inter de Lages no segundo semestre do ano passado. Bernardo defendeu o Friburguense pela primeira vez na carreira no Estadual deste ano e participou de nove dos 15 jogos. Não chegou a marcar gols, mas carimbou a trave no jogo contra a Portuguesa, em lance que poderia ter mudado o destino do Tricolor da Serra na competição. O esporte de Nova Friburgo está de luto. O Friburguense Atlético Clube se despede de um grande atleta e ser humano, querido por todos os jogadores, comissão técnica, direção e funcionários do clube. Os mais profundos sentimentos da família Frizão a todos os familiares de Bernardo Ribeiro.