Sharapova é pega no antidoping no Aberto da Austrália

O anúncio foi feito pela própria tenista russa

A tenista russa Maria Sharapova, de 28 anos, testou positivo em um exame antidoping na última edição do Aberto da Austrália, realizada em janeiro passado. 

O anúncio foi feito pela própria jogadora, durante uma coletiva em Los Angeles, nos Estados Unidos, onde vive atualmente. "Cometi um grande erro. Não quero encerrar minha carreira assim, espero ter mais uma oportunidade", disse.

 Durante todo o dia, especulou-se que a tenista poderia ter convocado a imprensa para anunciar sua aposentadoria, já que disputou apenas três torneios nos últimos oito meses. Apesar da má fase, Sharapova é uma das melhores jogadores da atualidade, com cinco títulos de Grand Slam no currículo. 

Hoje ela é a sétima do ranking da WTA, do qual também já foi líder. No Aberto da Austrália deste ano, a russa foi eliminada nas quartas de final pela norte-americana Serena Williams, atual número 1 do mundo. 

Segundo a tenista, ela ingeriu uma substância sem saber que era proibida. "Há 10 anos tomo um remédio contra a diabetes, o meldonium, mas ele foi inserido na lista de substâncias proibidas no fim de dezembro", justificou-se. (ANSA)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais