Para Osorio, São Paulo perdeu por desperdiçar chances claras

Não tivesse desperdiçado as chances de gol no começo da partida desta quarta-feira, o São Paulo teria vencido o Atlético-MG. Ou, ao menos, não teria sido derrotado por 3 a 1. Foi com essa impressão que o técnico Juan Carlos Osorio deixou o Mineirão.

“Acho que, nos primeiros 20 minutos, fomos muito superiores. Tivemos o controle do jogo e tivemos quatro oportunidades claras para concretizar. Era muito importante fazer o primeiro gol. Infelizmente, na primeira oportunidade deles, concretizaram”, avaliou, referindo-se ao primeiro dos três gols marcados por Lucas Pratto ainda no primeiro tempo.

“Eles têm no Pratto o melhor centroavante do futebol brasileiro no momento. Futebol é assim. Não concretizamos, e eles fizeram a diferença”, acrescentou o colombiano.

As chances perdidas pelo São Paulo foram com os atacantes Luis Fabiano e Alexandre Pato. O meia Paulo Henrique Ganso também acertou uma bola na trave na primeira etapa. No segundo tempo, foi dele o cruzamento que terminou com gol de cabeça de Pato, o único do São Paulo em Belo Horizonte.

O resultado fez o Atlético-MG abrir oito pontos em relação à equipe na liderança do Campeonato Brasileiro. Além disso, pode resultar em queda na classificação na continuidade da rodada, no fim de semana. Por ora, o time se mantém em quinto, com 27 pontos.

O próximo compromisso será apenas daqui a uma semana e meia, em 9 de agosto, justamente contra o vice-líder, Corinthians, no Morumbi. A delegação são-paulina retorna à capital paulista nesta quinta-feira e se reapresenta aos trabalhos um dia depois, no CT da Barra Funda.