Durou apenas 50 dias: Adilson Batista é demitido do Joinville

Adilson Batista não é mais treinador do Joinville. Após a derrota para o Santos por 2 a 0 neste domingo, a diretoria do time catarinense optou por demitir o técnico, que somou sua sexta derrota no comando da equipe. Lanterna do Campeonato Brasileiro, com nove pontos, o JEC deve contar com um novo treinador ainda nesta semana.

O presidente Nereu Martinelli tomou a decisão ainda neste domingo, contrariando as probabilidades de uma suposta demissão de Adilson Batista nesta segunda-feira. Com isso, o elenco iniciará a semana de preparação para o próximo compromisso do campeonato sem um comandante. Com o treinador, saem também do clube o auxiliar técnico Fábio Moreston e o analista de desempenho Cyro Garcia.

Com apenas 50 dias no comando do time, Adilson somou seis derrotas, dois empates e duas vitórias, acumulando uma média de desempenho desanimadora.

Apesar de conquistar o título da Série B no ano passado, o Joinville não conseguiu dar sequência à boa fase na atual temporada, que começou com o título catarinense. Agora, com a chegada de um novo técnico, a diretoria tricolor espera que o grupo reencontre o caminho das vitórias e consiga sair da zona de rebaixamento.