Copa do Mundo: Brasil abre Eliminatórias contra o Chile fora de casa

Seleção não terá o suspenso Neymar no duelo

Se muitos já acreditavam que o Brasil terá pela frente as Eliminatórias de Copa do Mundo mais difíceis de sua história, o adversário da seleção na partida de abertura do torneio confirma essa impressão.

    Em sorteio realizado neste sábado (25), na Rússia, ficou definido que os comandados de Dunga enfrentarão o Chile, campeão da Copa América, em seu primeiro jogo na corrida por uma vaga no Mundial de 2018 - e fora de casa.

    Além disso, o Brasil não poderá contar com o craque Neymar, suspenso por conta da confusão com a Colômbia na competição vencida pelos chilenos. Em seguida, a seleção recebe a Venezuela - também sem a presença do atacante do Barcelona -, antes de encarar a Argentina fora.

    Depois, fechando o primeiro turno, o país pentacampeão do mundo pega, na sequência, Peru (c), Uruguai (c), Paraguai (f), Equador (f), Colômbia (c) e Bolívia (c). No returno, repetem-se os confrontos, mas com mando de campo invertido, com exceção do Chile, que será o último adversário do Brasil.

    Classificam-se para a Copa da Rússia os quatro melhores colocados. O quinto jogará a repescagem contra uma equipe da Oceania. A abertura das Eliminatórias sul-americanas ainda terá Colômbia x Peru, Argentina x Equador, Venezuela x Paraguai e Bolívia x Uruguai. (ANSA)