Atletismo conquista mais uma medalha nos Jogos Pan-Americanos

No quarto dia, quarta-feira (22/7) da disputa por medalhas no atletismo, nos Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá, as medalhas demoraram a chegar. Mas já no fim do dia, Flávia de Lima, de 22 anos, ganhou o bronze prova dos 800 metros (m). A medalha de ouro ficou com a canadense Melissa Bishop e a prata com a norte-americana Alysia Montano.

Nos 100 metros rasos, a brasileira Rosângela Santos quase leva a medalha de bronze, mas por 3 centésimos ficou em quarto lugar. A vencedora da prova foi a jamaicana Sherone Simpson que obteve a marca de 10,95 segundos. Em seguida, veio a equatoriana Angela Tenório, com o tempo de 10,99 segundos, e, em terceiro, Bárbara Pierre dos Estados Unidos, com 11,01 segundos. O tempo de Rosângela foi 11,04. Outra brasileira na prova, Ana Cláudia Silva, terminou em sétimo lugar com o tempo de 11,15.

Pela manhã, as atletas brasileiras não conseguiram os índices no salto em altura para subir ao pódio. Nem Monica de Freitas nem Ana Paula Oliveira, que alcançou a marca de 1,85 metro e foi eliminada. A medalha de ouro foi para Lever Spencer, de Santa Lúcia. Ela saltou 1,94m. A medalha de prata foi para Priscilla Frederick, de Antigua e Barbuda, com 1,91m.  Ana Paula Oliveira ficou na 11a posição e Monica de Freitas, na 14a.

Apesar do resultado ruim para o Brasil na prova, que valia um lugar no pódio, outros brasileiros conseguiram se classificar para as finais de amanhã (23), à noite. Hugo de Sousa corre os 400m masculino. Geisa Coutinho, os 400m feminino. Mahau Suguimati está classificado para os 400m com barreiras, e Cleiton Abrão, em sua primeira competição internacional, conseguiu ficar entre os oito melhores para correr os 800m. Para ele, os adversários representam um desafio.

“É um grupo muito forte”, disse. “Atletas que já correram 1min 45 seg, 1min 46 seg. Eu tenho esse tempo, mas eu ainda não fiz este ano. Então é uma competição de um nível muito alto”, completou. Os objetivos de Cleiton no Pan são claros: conseguir uma medalha e ou um índice olímpico. “Mas tudo com calma. O ano não acaba aqui. Tem ainda o mundial”

Nesta quinta-feira, Fabiana Murer, do salto com vara, estreia no Pan de Toronto. A atleta tem chances de medalha. Karla Rosa da Silva é outra brasileira que participa da competição. Ronald Julião está na final do lançamento de disco e Tatiele de Carvalho vai correr a prova dos 10 mil metros.

>>Veja o quadro de medalhas