Enderson Moreira detona zagueiro Rodrigo: "ele se acha"

O técnico Enderson Moreira usou de ironia e não poupou críticas ao zagueiro Rodrigo, do Vasco, que, após a vitória por 2 a 1 no clássico diante do Fluminense , afirmou aos jornalistas que o atacante Fred teve atuação apagada por ter enfrentado marcação individual dele. E também que o capitão tricolor sempre tem dificuldades quando isso acontece.

“Eu trabalhei com o Rodrigo (no Goiás ) e uma coisa que me chama a atenção é a capacidade de ele ter humildade”, ironizou o treinador na coletiva de imprensa após a derrota. “Ele se acha mais do que realmente é”, completou ainda.

Na opinião de Moreira, “o Fred fez um bom jogo”, e tais declarações “não mudam em nada o que eu penso”. “Ele é um zagueiro que estava fora do futebol , demos uma grande chance para ele no Goiás, mas é um jogador que não lembra muito das dificuldades que passa, e aproveita um momento de vitória para falar alguma coisa para atingir outras pessoas”, disparou ainda.

Com a derrota que trouxe alívio ao Vasco, agora com 12 pontos, o Fluminense perdeu a oportunidade de assumir a liderança isolada no Brasileiro – segue com 27 pontos, agora na terceira posição, atrás de Corinthians e Atlético-MG . Nada, porém, que desanime o treinador para o próximo compromisso do Fluminense, fora de casa, diante da Chapecoense , no próximo final de semana.

“Tem muita coisa pela frente, estamos bem posicionados, e fortes para buscarmos a liderança. Eu falei com os jogadores que a gente não precisa ter ânsia para pegar essa ponta logo. Estamos tristes pela derrota, pela festa que o torcedor fez. Mas vamos em frente”, deixou claro.

De acordo com o treinador, “dentro da minha visão, dominamos completamente o primeiro tempo, e o Vasco numa escapada fez o gol. No segundo tempo não iniciamos bem, e aos poucos fomos encaixando, melhorando e conseguimos o gol. Com o jogo controlado, e numa saída errada sofremos o segundo gol”. Por fim, analisou ainda que “o futebol nem sempre é justo, produzimos muito mais que a equipe do Vasco. Faz parte do jogo, por isso o futebol é emocionante”.