Michel Bastos treina com bola e deve enfrentar Palmeiras

Aparentemente, não passou de um susto a saída de Michel Bastos do treino de quinta-feira à tarde. Menos de 24 horas depois de ter acusado dor na coxa direita, o meia são-paulino voltou a campo na manhã desta sexta e trabalhou normalmente com bola, no CT da Barra Funda.

Segundo o clube, o jogador não foi submetido a exame e, mesmo sem ser medicado, acordou melhor, a ponto de participar da penúltima atividade antes do clássico contra o Palmeiras, no Palestra Itália.

O único momento em que ele se preservou nesta sexta-feira foi em ensaio de finalizações a gol. Antes, participou normalmente do trabalho orientado pelo técnico Juan Carlos Osorio. A primeira hora do treino foi fechada à imprensa.

Além de Michel Bastos, Rogério Ceni também esteve em campo mais uma vez. Recuperado de estiramento na coxa direita, o goleiro treinou com bola pelo terceiro dia seguido e deve atuar no clássico de domingo. Caso tenha algum problema de última hora, Renan Ribeiro, que o substituiu diante do Avaí, seguirá na meta.

Nesta sexta-feira, o capitão são-paulino tem compromisso à noite, no Morumbi. Ele será estrela de uma partida com torcedores organizada pela agência de turismo do clube. A princípio, estava previsto que ele atuaria na linha por 60 minutos (em dois jogos de meia hora) e bateria pênalti contra todos os participantes (44 ao todo).

Ainda não se sabe se a programação será mantida. Em função da recuperação recente, é possível que Ceni não cobre as penalidades, por exemplo. É certo, porém, que ele fará uma preleção no vestiário do estádio e concederá autógrafos aos torcedores, os quais pagaram R$ 4.880 cada.

Dois dias depois, o São Paulo enfrentará o Palmeiras às 16 horas (de Brasília), em duelo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, no Palestra Itália. Com 17 pontos (um a menos do que o Sport), a equipe ocupa a vice-liderança da competição.