Pato diz que “objetivo sempre foi ficar no São Paulo”

O atacante Alexandre Pato manifestou neste domingo o desejo de continuar no São Paulo até o fim do empréstimo, apesar de ter entrado na Justiça para romper o vínculo com o Corinthians, o que colocaria fim também ao acordo com o clube do Morumbi. "O objetivo sempre foi ficar no São Paulo. Vou trabalhar forte, cumprir meu contrato e espero continuar cada vez mais no clube", afirmou o jogador.

Pato acionou a Justiça trabalhista por conta do atraso de dez meses dos direitos de imagem do Corinthians, que quitou as parcelas. Na quinta, o jogador não conseguiu a tutela antecipada para romper o contrato imediatamente com o clube alvinegro. Assim, terá de aguardar até o fim do processo, que deve ser no início de setembro.

Como o vínculo com o Corinthians foi mantido, Pato continua também com empréstimo em vigor no Morumbi, em acordo que tem previsão de término apenas em dezembro. Desta forma, o atacante entrou em campo neste domingo no empate por 1 a 1 contra o Avaí e saiu no intervalo reclamando da arbitragem, por ter recebido cartão amarelo depois de ter sofrido uma falta.

"Não entendi o que aconteceu. Levantei e perguntei para ele por que não deu cartão para o zagueiro, mas ele deu para mim. Não dá para falar mais com os juízes. Acho que tenho de tomar a falta e ficar quieto. Reclamei porque o jogador deles foi imprudente", completou.

O atacante ainda teve um gol anulado no primeiro tempo, apesar de ter se posicionado sem estar em impedimento.