Valdivia quer garantir renovação detonando na Copa América

Na última segunda, Jorge Valdivia iniciou os treinamentos da seleção do Chile para a disputa da Copa América sem se desligar do Palmeiras. Poupando as palavras, o meio-campista disse que uma boa atuação no torneio pode ajudar em sua luta pela renovação com o clube, cujo vínculo vai até o mês de agosto.

Preocupação frequente do técnico por conta da questão física, o meia parece estar recuperado de todos os problemas musculares que o atormentaram nos últimos meses. Após ficar de fora dos amistosos preparatórios da seleção, juntando-se ao grupo apenas para tratar de lesões, já é especulado que Valdivia seja poupado da primeira parte da competição visando as fases finais.

Após uma ótima atuação no clássico diante do Corinthians, naquele que foi o último jogo do chileno pelo Palmeiras caso a renovação não aconteça, as expectativas do jogador são as melhores para a Copa América. "Espero fazer um torneio excelente para convencer o Palmeiras a renovar comigo. Caso isso não aconteça, nada pode apagar o carinho e o amor que tenho por esse clube", disse ao diário Pura Noticia.

Empolgado para tentar dar ao Chile o primeiro título de Copa América da história, Valdivia garante que está em boas condições para pleitear um lugar entre os onze. "Fiz as coisas bem nos últimos jogos, tive a postura de ficar. Poderia ter dito ao Oswaldo para não jogar, para me cuidar, porque tinha um torneio importante, mas nada disso aconteceu. Esse jogo (contra o Corinthians) significou muito", falou.

É possível que o camisa 10 da seleção esteja a postos para a estreia no torneio, dia 11 de junho, contra o Equador. Em caso de vitória, é provável que Valdivia seja poupado nos dois outros jogos da fase de grupos, tendo em vista as partidas da fase eliminatória.