Rivellino assina Livro de Ouro do Maracanã antes do clássico

Antes de a bola rolar para Fluminense x Corinthians neste domingo (24/5), o craque Rivellino deixou sua mensagem no Livro de Ouro do Maracanã. Reverenciado pelas torcidas do tricolor carioca e do Timão, o ex-jogador foi aplaudido pelo público presente após a exibição dos melhores momentos de sua carreira nos telões do estádio.

"Só tenho a agradecer. O Maracanã foi um palco fantástico para mim, tenho muita história aqui. O estádio ficou maravilhoso, pena que não vou ter mais a felicidade de jogar aqui. Fiquei muito feliz com a homenagem, ainda mais neste momento, com os dois times do meu coração. Dois times que foram muito importantes na minha vida. Nasci do Corinthians e, num momento difícil da minha carreira, o Francisco Horta me trouxe para o futebol carioca. Só tenho a agradecer por todos os anos que passei no Rio. Hoje, meu coração fica dividido, porque a minha história é muito bonita nas duas equipes", disse Rivellino.

Após anos dedicados ao Corinthians, Rivellino pisou pela primeira vez no Maracanã com a camisa tricolor em 1975, justamente contra o ex-time. Na ocasião, Rivellino também está entre os maiores artilheiros da seleção brasileira.  É o terceiro jogador que mais atuou em partidas oficiais do Brasil.

 O Livro de Ouro registra a passagem de grandes nomes do esporte e pessoas ilustres pelo templo do futebol. Nomes como Zagallo, Zico, Roberto Dinamite, Carlos Alberto Torres, Joel Santana, Jorginho, Bebeto e Andrade já deixaram suas mensagens registradas.