Fifa investiga Real Madrid por contratar menores

Assim como Barcelona, clube pode ser punido duramente

A Fifa está investigando o Real Madrid pela contratação de jovens menores de idade, em caso semelhante ao do Barcelona, informou o jornal "As" nesta segunda-feira (26).

Segundo documentos obtidos pela publicação, a entidade fez um pedido formal à Federação de Futebol Espanhola (RFEF) para que envie toda a documentação relacionada aos jogadores estrangeiros, com menos de 18 anos, que estão vinculados ao clube merengue.

A chefe de Integridade e Compliance da Fifa, Kimberly Morris, notificou a RFEF no dia 17 de dezembro e deu prazo até o dia 14 de janeiro para a reunião da papelada - que inclui 22 atletas na Espanha e outras dezenas pelo mundo.

O caso da Fifa coincide com o período em que o Real abriu os cofres e anunciou uma série de contratações, entre elas, a do brasileiro Lucas Silva. Ainda de acordo com o "As", é muito provável que a investigação tenha sido aberta por denúncia de outros clubes, já que fontes informaram ao periódico que oito clubes - incluindo três espanhois - teriam feito reclamações à Fifa.

No ano passado, o Barcelona foi punido pela contratação de menores de idade e precisará ficar de fora de duas janelas de transferências (essa atual e a do meio de ano). Com isso, o clube catalão só poderá contratar a partir de 2016. (ANSA)