São Paulo: Cafu dribla polêmica e sonha com passes de Ganso

O atacante Jonathan Cafu enfim pôde ser apresentado pelo São Paulo. Depois de ter resolvido todas as pendências burocráticas, que atrasaram a cerimônia do atleta desde segunda-feira, o ex-jogador da Ponte Preta recebeu a camisa 37 das mãos do diretor de futebol, Rubens Moreno.

“Confesso que estou muito nervoso aqui, não via a hora de ser apresentado logo e acabar com a agonia, porque meu negócio é em campo, e não falar. Quando adiava, ficava com mais nervosismo ainda”, afirmou, com um sorriso tímido.

O jogador de 23 anos, que chegou a ser pretendido também pelo Palmeiras, não quer se envolver nas recentes polêmicas entre os dois clubes e cega ao São Paulo com o sonho de brilhar recebendo os lançamentos do meia Paulo Henrique Ganso.

“Fico grato pela proposta do Palmeiras e honrado por estar aqui no São Paulo. Pelo trabalho que fiz na Ponte Preta, tive propostas dos dois times grandes. Decidi vir para o São Paulo, porque meu futebol se encaixaria melhor. Com minha velocidade, vou ter os passes do Ganso”, comentou o atleta, que acrescentou.

“O Ganso é um jogador extraordinário que o futebol brasileiro tem, todo mundo já sabe. Eu o imagino dando muitos passes para mim, com a facilidade que tem de enfiar a bola. Com ele tocando a bola para mim, quem vai ganhar é o São Paulo”, ponderou.

Cafu esteve perto de acertar com o Palmeiras, mas o clube alviverde não aceitou uma cláusula do contrato. Assim, o caminho ficou livre para o São Paulo, e o atacante espera repetir no Morumbi o sucesso que teve na Ponte Preta.

“Tenho estilo de jogo pelas beiradas, gosto de enfiar bolas para o centroavante fazer gols e, quando sobra, tento definir da melhor maneira possível. Sei fazer gols, marquei sete pela Ponte e dei 12 assistências”, encerrou.

O jogador viaja com o restante da delegação tricolor na noite desta quinta-feira para Manaus, onde o clube disputará o Torneio Super Series, com Vasco e Flamengo. No entanto, o reforço começa o ano como opção no banco de reservas.