Com propostas, Levir não se assusta em perder Tardelli 

O treinador do Atlético-MG, Levir Culpi, não mostrou qualquer medo em perder o atacante Diego Tardelli para a temporada 2015. O jogador já assumiu publicamente que tem propostas para deixar Belo Horizonte e considera que é o momento de pensar nele e em seus familiares. O técnico alvinegro, porém, acredita que a negociação pode fazer bem para a saúde financeira da agremiação que vive uma crise .

"O Tardelli está na Seleção Brasileira, é um dos principais jogadores do futebol brasileiro e está em evidencia; é o que eu falo para os jogadores, tem de conseguir os números e os números do Tardelli estão aí. É jogador valorizado, que todo mundo quer, se tiver proposta a diretoria vai resolver com o Tardelli. Mas será bom para todo mundo, se ele ficar ótimo, se ele sair, ótimo para o clube também, temos de ver por este lado. Mas isso se dá pelo que o Tardelli fez o ano todo", observou o treinador.

Para 2015, além de Diego, o Atlético-MG tem uma série de contratos se encerrando, como Guilherme e Rever, por exemplo, jogadores de alto nível técnico. Culpi reconhece que algumas saídas vão acontecer, mas a equipe seguirá com a mesma base.

"Depende do nosso caixa, da nossa nova diretoria. Já nos conhecemos, o relacionamento é muito bom, temos o Maluf que está por dentro de tudo o que aconteceu. Vamos ter mudanças, mas pontuais, não será grande. Vamos mudar algumas posições por causa de contrato, interesse de alguns times em nossos jogadores, mas vamos manter uma base", concluiu.

O Atlético-MG terá em 2015 novamente a chance de conseguir a taça da Copa Libertadores. Para isso, a diretoria luta para seguir com a base da equipe na próxima temporada. Os constantes salários atrasados, entretanto, atrapalham um pouco os planos dos dirigentes, pois os atletas já demonstraram incomodo com a situação.