Quase 50 dias após batida, piloto Jules Bianchi sai do coma

Quase 50 dias depois do acidente que o deixou à beira da morte, o piloto francês Jules Bianchi saiu do coma induzido e respira sem a ajuda de aparelhos.    

Segundo um comunicado dos pais do corredor da Marussia, ele foi transferido do hospital onde estava internado no Japão para um em Nice, no sul da França. No entanto, o piloto continua inconsciente e seu estado de saúde ainda é crítico.    

No dia 5 de outubro, Bianchi se chocou contra um guindaste durante o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1. O acidente provocou uma lesão axonal difusa no seu cérebro, que pode fazer com que a pessoa fique em estado vegetativo permanentemente.