Técnico Fabio Capello estaria perto de deixar a seleção russa

Sem receber salário há cinco meses e criticado pelo mau desempenho nas Eliminatórias da Eurocopa 2016, o treinador Fabio Capello está perto de deixar a seleção russa, segundo a imprensa esportiva do país-sede do Mundial de 2018.    

De acordo com o tabloide "Moskovskij Komsomolets", o técnico italiano já apresentou à União de Futebol da Rússia (RFS) a sua intenção de se demitir, aceitando receber uma rescisão muito menor do que a prevista em seu contrato.    

Além disso, segundo o "Sport Express", a relação entre Capello e os jogadores ficou prejudicada após a Copa de 2014, quando o elenco perdeu a confiança na "magia" do treinador. Na ocasião, os russos ficaram apenas em terceiro lugar no grupo H, com dois empates e uma derrota em três jogos.    

Nas Eliminatórias da Eurocopa, a seleção tem somente uma vitória em quatro partidas e está atrás de Áustria e Suécia na chave G.