Morre aos 55 anos o ex-piloto da F1 Andrea De Cesaris

Um dos pilotos mais queridos e carismáticos da Fórmula 1 na década de 80, Andrea de Cesaris morreu na tarde deste domingo, aos 55 anos. O italiano sofreu um grave acidente de moto em Roma, sua cidade natal, e não resistiu aos ferimentos, morrendo antes mesmo de chegar ao hospital.

De acordo com informações do jornal La Reppublica, De Cesaris pilotava uma Suzuki 600 quando perdeu o controle em uma curva e se chocou violentamente contra um muro. Os serviços médicos informaram que ele morreu no ato do acidente.

De Cesaris competiu na principal categoria do automobilismo mundial entre 1980 e 1994. Ele começou sua carreira na McLaren e passou por dez equipes durante os seus 14 anos de Fórmula 1. O italiano participou de 214 corridas na F1 e é o piloto com maior número de provas disputadas sem conseguir uma única vitória em todos os tempos.

De Cesaris tem como grandes resultados da carreira uma pole position (em Long Beach -1982) e cinco pódios (sendo um deles em Mônaco, também em 1982). Seu maior feito, contudo, foi ter ultrapassado a marca dos 200 GPs na Fórmula 1, algo muito difícil de ser alcançado.