Quadro clínico de Muricy evolui, mas não há previsão de alta

Internado desde a última quinta-feira por causa de uma arritmia sofrida durante o treino do São Paulo, o técnico Muricy Ramalho apresentou evolução clínica em seu quadro. O boletim médico do Hospital São Luiz divulgado na manhã deste sábado, no entanto, sustenta a informação de que ainda não há previsão de volta.

Sem entrar em detalhes, o informe não especifica as melhores no quadro de Muricy, que está internado na Unidade de Terapia Intensiva. Na última quinta-feira, o médico do clube José Sanchez explicou o ocorrido com o treinador.

"Muricy se apresentou com mal estar, foi feita uma avaliação mais restrita no CT. Observamos uma arritmia cardíaca e o levamos ao hospital. Por isso ele precisou permanecer na UTI para fazer o tratamento. Podemos adiantar que ele não deve participar contra o Fluminense. Porém, não há gravidade", afirmou.

Muricy, assim, não terá nenhum contato com o jogo deste sábado entre São Paulo e Fluminense. "Ele mesmo não quer isso, pois sabe que representa uma carga de estresse. Mas, mesmo que fosse da vontade dele, a gente tentaria demovê-lo da ideia. Estamos tentando deixá-lo o mais tranquilo possível, alheio à sua atividade profissional. É preciso dar um tempo para ele. Está fora, fora, fora. Não será nem consultado", acrescentou o médico.

Veja o boletim médico:

O Hospital São Luiz Morumbi informa que o técnico do São Paulo Futebol Clube, Muricy Ramalho, continua internado e está evoluindo clinicamente bem. Até o momento não há previsão de alta.

Dr. Sebastião Cesar de VasconcellosDiretoria Médica do Hospital São Luiz - Unidade Morumbi