Botafogo quebra jejum com vitória sobre Goiás e deixa degola

A péssima série sem triunfos do Botafogo no Campeonato Brasileiro finalmente teve fim. Na noite desta quinta-feira, os pouco mais de 7 mil torcedores que foram ao Estádio do Maracanã puderam celebrar o reencontro do clube com as vitórias: com gol de cabeça do zagueiro Bolívar no segundo tempo, a equipe comandada por Vagner Mancini bateu o Goiás por 1 a 0 pela 24ª rodada para deixar a zona de rebaixamento.

Os botafoguenses não venciam uma partida há cinco jogos - o último triunfo foi em 31 de agosto, no 1 a 0 sobre o Santos, pela 18ª rodada, ainda no primeiro turno. De lá para cá, foram derrotas para Atlético-MG, São Paulo, Inter e Bahia, além de empate com Criciúma. A vitória leva o Botafogo para a 15ª colocação, com 26 pontos, um a mais que o Palmeiras, que abre o Z-4. O Goiás, que vinha de goleada por 6 a 0 justamente sobre o Palmeiras, estaciona nos 30 pontos, em 11º.

As equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo. O time carioca joga novamente no Maracanã, às 16h (de Brasília), contra o Grêmio, que briga pelo G-4 da competição. Já a equipe esmeraldina visita o Santos, às 18h30, no Pacaembu, em São Paulo.

Os primeiros 45 minutos de Botafogo e Goiás justificaram a presença de ambos os clubes na segunda metade da classificação do Brasileiro. Em início de partida equilibrado e sonolento, a primeira finalização só saiu apenas aos 25min, em chute para fora do botafoguense Gabriel. A única grande chance até o intervalo foi dos cariocas: aos 37min, André Bahia desviou cruzamento de Wallyson, mas parou em grande defesa de Renan com o pé.

A etapa final voltou no mesmo ritmo da anterior: André Bahia, em escanteios, era a principal jogada ofensiva do time alvinegro. Os goianos preocupavam-se mais em se defender e praticamente não assustavam. A grande chance botafoguense veio finalmente aos 12min, em pênalti sofrido por Wallyson. Emerson, contudo, cobrou mal e Renan impediu a abertura do placar.

Os donos da casa conseguiram se redimir do erro rapidamente. Quatro minutos mais tarde, Bolívar escorou escanteio de cabeça para o fundo das redes para anotar gol de extrema importância para o clube. O tento animou o Botafogo, que passou a criar - e perder - mais chances. Já o Goiás reclamou de um pênalti em lance polêmico aos 31min, bastante semelhante ao marcado para os botafoguenses.