Ceni falha, perde pênalti, e Flamengo fica no empate com o São Paulo

Rogério Ceni teve uma noite movimentada no Morumbi. O São Paulo recebeu o Flamengo nesta quarta-feira e saiu na frente com gol do goleiro, mas viu a equipe rubro-negra conseguir o empate com Everton após falha do arqueiro, que ainda desperdiçou segunda penalidade. Alecsandro e Luís Fabiano marcaram no final, e o placar ficou no 2 a 2. Com o resultado, a liderança do Campeonato Brasileiro ficou bem distante para os tricolores.

O São Paulo chegou a 43 pontos, caiu para terceira posição por conta de vitória do Internacional e agora está a nove pontos do Cruzeiro. Além disso, o time do técnico Muricy Ramalho completou três jogos seguidos sem vencer (duas derrotas e um empate), o primeiro contando com o quarteto Paulo Henrique Ganso, Kaká, Alan Kardec e Alexandre Pato nos titulares.

Para o Flamengo, o jogo significou muita reclamação, já que os dois pênaltis a favor do São Paulo foram questionáveis. O primeiro ocorreu em falta difícil de ver em Pato, enquanto o segundo, uma bola na mão de Samir, foi completamente fora da área. A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo ainda perdeu Everton machucado, que sofreu carrinho criminoso de Michel Bastos.

O Flamengo está na décima colocação, com 31 pontos. O próximo jogo do time carioca será contra o Bahia, na Fonte Nova, às 16h, no domingo. Já os tricolores seguem no Morumbi em novo duelo com equipes do Rio de Janeiro, já que recebem o Fluminense no sábado, às 21h.

O São Paulo teve um início melhor de jogo e buscou acuar o Flamengo no campo de defesa. Aos 15min, Alan Kardec e Alexandre Pato tabelaram até que o camisa 11 invadiu a área e foi calçado na chegada de Márcio Araújo. A arbitragem deu pênalti, para a irritação do time carioca. Rogério Ceni foi para a cobrança e acertou o canto esquerdo de Paulo Victor.

Se o camisa 1 acertou na frente, falhou atrás. Aos 34min, o Flamengo arrancou em contra-ataque aproveitando a defesa desarrumada do São Paulo e Gabriel chutou em cima do goleiro. Ceni, porém, não conseguiu segurar a bola, e Everton apareceu no rebote para completar ao fundo das redes. A equipe rubro-negra usava as costas de Auro e criava muito perigo pelo setor.

O segundo tempo começou com um novo pênalti polêmico, mas desta vez foi fácil cravar o erro da arbitragem. Logo no primeiro minuto, Samir deu um tapa na bola fora da área e o juiz André Luiz de Freitas Castro assinalou a penalidade. Ceni tentou seu segundo gol, mas desta vez viu Paulo Victor fazer boa defesa no canto esquerdo.

O erro de Rogério fez falta, já que o São Paulo fez um segundo tempo burocrático e lento. Após ouvir pedidos da torcida, Muricy Ramalho substituiu Alexandre Pato por Luís Fabiano. Mas a situação do time tricolor se complicou por conta de expulsão de Michel Bastos aos 28min, por conta de carrinho duro em Everton. Este foi o segundo cartão vermelho para o camisa 7 no Brasileiro.

Com um a mais, o Flamengo passou a acuar o São Paulo na defesa em busca da virada, que veio aos 41min. Em cobrança de escanteio, Alecsandro subiu mais que a defesa e desviou no ângulo direito de Ceni. Porém, quatro minutos depois, Luís Fabiano aproveitou jogada aérea e finalizou sem chances para Paulo Victor.